Chefs de cozinha renomados se encontram no Big Lar

October 27, 2019

 

Os chefs de cozinha Ariane Malouf,  Hugo Rodas, Marcelo Cotrin, Paulo Machado, Lisiane Arouca, Fabrício Lemos se reuniram na tarde de sexta-feira, 11/10, no Big Lar, unidade da Miguel Sutil, para um encontro em torno do livro “Culinária Brasileira, Muito Prazer”, de Roberta Malta Saldanha, que reúne 170 receitas de chefs de cozinha de 27 estados mais o Distrito Federal.

 

 


O livro é um trabalho de valorização dos ingredientes regionais e traz receitas de chefs brasileiros, incluído todos os presentes no encontro. Estava sendo comercializado no supermercado a preço de custo, (R$ 69,00).


Marcelo Cotrim, que também é consultor do Big Lar,  lembrou dos novos usos dados aos ingredientes tradicionais e disse que os profissionais de cozinha precisam criar demanda em torno desses produtos pouco usados ou que estão meio esquecidos. No livro, ele apresenta uma receita de mujica de jacaré.


Essa é a bandeira também do casal Fabrício Lemos e Lisiane Arouca, de Salvador. Eles promovem expedições pelo interior da Bahia em busca de ingredientes “perdidos” no tempo, com o coquinho licuri, que utilizam em receitas doces e salgadas em seus restaurantes Origem e Ori. Ela fez questão de frisar que é uma confeiteira brasileira e que cria suas receitas em cima de coisas que fazem parte da sua vida.

 

 


Ariani Malouf, que tem no livro uma receita de costela assada com molho de goiabada e arroz brasileiro, fez questão de elogiar o supermercado. “O que seria de nós sem o Big Lar?” indagou, completando que se vai além de uma relação comercial.  Segundo ela é um case de sucesso raro de se ver.

 

​​
O sul-mato-grossense Paulo Machado, destacou que quando comemos a comida de um outro lugar estamos conhecendo um pouco da alma daquele povo e os chefs aprendem técnicas ancestrais. Caso da linguiça Maracaju, que ele reproduz no livro e que tem indicação geográfica conferida pelo Sebrae. Trata-se de uma receita secular, preparada exclusivamente com carne bovina, temperada com laranja misteriosa, um tipo de cítrico bem azedo cuja casca é usada no preparo de doces.


Paulo aproveitou a ocasião para destacar a importância da gastronomia do Pantanal e citou um macarrão pantaneiro, feito com carne seca, um prato tipicamente ligado à comida de comitiva.


O evento é mais uma programação paralela do Pantanal Cozinha Brasil, dias 11 e 12 de outubro, em Cuiabá (MT).  Uma realização de João Carlos Caldeira, tendo como co-realizador a Univag. Conta com apoio institucional do Sebrae, Senac, Sesc e Sesc Pantanal, e patrocínio do Big Lar e Shopping Estação Cuiabá. A prefeitura de Cuiabá, Unimed, Multibar, Pão & Arte, Pork Premium e La Gelari, apóiam o evento, assim como a Coxipó Assessoria de Imprensa e Rádio Cultura 90.7.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

11 e 12 de outubro - 2019

Acompanhe-nos

© 2019 by Pantanal Cozinha Brasil - GFP Publicidade

o sabor da gastronomia te espera neste evento recheado de atrações.