Médico tece relação entre vinho e saúde

Pelo segundo ano consecutivo, o médico Jairo Monson participa do Pantanal Cozinha Brasil como palestrante, abordando o tema, que é uma das razões de sua vida, vinho e saúde.




Especialista em clínica médica, na área de cardiologia, formado pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santa Maria (UFSM) em 1981, ele começou a palestra na noite do dia 09/10, brincando sobre sua participação no evento. “Médico num evento de gastronomia, falando de vinhos?”, mas seguiu explicando que em toda a história da humanidade, o vinho sempre esteve ligado à saúde.


Falou dos benefícios do consumo de vinho em doses moderadas e regulares e da relação benéfica da bebida com doenças como osteoporose, diabetes e até demência, acrescentando ainda os efeitos positivos na cosmética e também para a longevidade.


“As ilhas de longevidade existentes no mundo são em lugares onde há produção de vinho”, destacou, acrescentando que o vinho inibe os radicais livres, causadores do envelhecimento.




Autor do livro “Vinho e Saúde - 50 respostas para entender porque a bebida de Baco pode fazer bem”, é colunista das revistas Vinho & Cia e Vinho Magazine e escreve artigos para publicações científicas sobre o tema do Brasil e do exterior.


Gaúcho, morador do Vale dos Vinhedos, ele vivencia na prática o que propala em seus escritos. Acompanha pacientes que seguem suas orientações quanto ao consumo regular de vinho e que apresentam resultados muito positivos no que diz respeito à saúde e qualidade de vida.


“O vinho é para dar prazer, mas também é bom para a saúde”, constata com um cálice da bebida oferecido aos participantes de sua palestra.